sexta-feira, 19 de agosto de 2011

O feitiço contra o feiticeiro, a cobra que morde o rabo, entre outras coisas

A coisa chegou num ponto em que a CBF está ameaçando divulgar gravações comprometedoras a respeito de Marcelo Campos Pinto, diretor da Globo Esportes. A notícia é do colunista Ricardo Feltrin, da Folha de São Paulo. Segundo o jornalista da Folha, Teixeirão não gostou do Jornal Nacional ter noticiado sobre as denuncias ao presidente da CBF.
A fonte de Feltrin garante que nas gravações é possível ouvir diálogos em que o diretor da Globo Esportes exerce todo seu poder e arrogância, mudando horário de jogos e falando mal da concorrência, inclusive usando de palavriado chulo.
Apesar de não haver aí nada que ninguém não saiba, nota-se que há um desgaste, não só entre Globo e CBF, mas principalmente entre as duas instituições e o público, sobretudo depois da matéria esclarecedora da revista Piauí de julho. 
O sujo começa a falar do mal lavado. Só espero que a roupa suja seja lavada o quanto antes, e aos olhos de todos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário