sábado, 16 de outubro de 2010

Intelectuais saem em apoio a Dilma Rousseff

Em setembro, a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (ANDIFES) publicou em seu portal eletrônico um manifesto assinado pelos reitores das universidades públicas em apoio à candidata do Partido dos Trabalhadores Dilma Rousseff. Segundo o documento o Brasil está no rumo certo garças às políticas implementadas pelo governo Lula. 

No último dia 13, o site da Carta Capital noticiou sobre o manifesto liderado pelo Chico Buarque, pelo teólogo Leonardo Boff e pelos jornalistas e escritores Emir Sader e Eric Nepomuceno que abrem o voto e defendem Dilma nesse segundo turno. O documento deve ser entregue à candidata no dia 18 de outubro, no Rio de Janeiro. Confira:
Manifesto de artistas e intelectuais pró Dilma
Nós, que no primeiro turno votamos em distintos candidatos e em diferentes partidos, nos unimos para apoiar Dilma Rousseff. Fazemos isso por sentir que é nosso dever somar forças para garantir os avanços alcançados. Para prosseguirmos juntos na construção de um país capaz de um crescimento econômico que signifique desenvolvimento para todos, que preserve os bens e serviços da natureza, um país socialmente justo, que continue acelerando a inclusão social, que consolide, soberano, sua nova posição no cenário internacional.
Um país que priorize a educação, a cultura, a sustentabilidade, a erradicação da miséria e da desiguladade social. Um país que preserve sua dignidade reconquistada.
Entendemos que essas são condições essenciais para que seja possível atender às necessidades básicas do povo, fortalecer a cidadania, assegurar a cada brasileiro seus direitos fundamentais.
Entendemos que é essencial seguir reconstruindo o Estado, para garantir o desenvolvimento sustentável, com justiça social e projeção de uma política externa soberana e solidária.
Entendemos que, muito mais que uma candidatura, o que está em jogo é o que foi conquistado.
Por tudo isso, declaramos, em conjunto, o apoio a Dilma Rousseff. É hora de unir nossas forças no segundo turno para garantir as conquistas e continuarmos na direção de uma sociedade justa, solidária e soberana.
Leonardo Boff
Chico Buarque
Fernando Morais
Emir Sader
Eric Nepomuceno

Nenhum comentário:

Postar um comentário